domingo, 7 de setembro de 2014

Celsinho vence, de forma invicta, o Festival Ituano de Futmesa

Galera que fez a festa no VIII Festival Ituano de Futmesa
Aconteceu neste domingo (7), a 8ª edição do Festival Ituano de Futmesa. A competição, que reuniu 12 botonistas, teve um campeão inédito e invicto. Celsinho, que defende as cores do Sete de Setembro nesta temporada, faturou o caneco de forma invicta e escreveu seu nome no “hall dos campeões”. João Pedro, do Maria Zélia, foi o vice-campeão. Na Série Prata, o título ficou com Rafael Mello.
            Na Primeira Fase, os botonistas foram divididos em dois grupos de seis cada. Após se enfrentarem, em turno único, dentro de seus respectivos grupos, os quatro primeiros colocados de cada chave avançaram para a fase de Quartas de Final. Já os dois últimos de cada grupo, formaram o Quadrangular da Série Prata.
            No Grupo A, Celsinho terminou na primeira colocação com 13 pontos ganhos; Em segundo ficou Tchaka, com 10, seguido por Pietro Varoli (3º), com 05 pontos, mesma pontuação de Valini (4º) e Robson Mota (5º). Rafael Mello terminou em 6º lugar, com três pontos. Já no Grupo B, a liderança ficou com João Pedro, que anotou 13 pontos. Rodrigo Simon foi o 2º colocado, com 08 pontos, levando vantagem nos critérios de desempate, uma vez que o 3º colocado, Og Girão, também faz a mesma pontuação. Em 4º ficou Sandro Pirikito, com 05 pontos, com Fabio Januário, em 5º, com os mesmo 05 pontos, mas perdendo nos critérios de desempate. O 6º colocado da chave foi Zé Mario, com apenas 01 ponto ganho.
            A fase de Quartas de Final foi marcada por jogos extremamente equilibrados. Celsinho (1º do A) se classificou após empatar em 5 a 5 com Sandro Pirikito (4º do B). O mesmo aconteceu com João Pedro (1º do B) que empatou em 4 a 4 com Valini (4º do A), mas se classificou pela vantagem do empate.
            Rodrigo Simon (2º do B) derrotou Pietro Varoli (3º do A) por 6 a 5 e Og Girão (3º do B) venceu Tchaka (2º do A) por 5 a 3.
            Nas semifinais, Celsinho derrotou Rodrigo Simon por 6 a 3 e carimbou a vaga na decisão para enfrentar João Pedro que, mais uma vez fez uso da vantagem do empate e, segurou o 2 a 2 com Og Girão.
            Na briga do 5º ou 8º lugar, Sandro Pirikito derrotou Pietro Varoli por 5 a 3 e Valini venceu Tchaka por 6 a 5.
            A rodada final, teve Pietro Varoli vencendo Tchaka por 5 a 2, na disputa pelo 7º Lugar; Valini derrotando Sandro Pirikito por 7 a 5, na disputa pelo 5º Lugar; Og Girão fazendo 5 a 4 em cima de Rodrigo Simon, na disputa pelo 3º Lugar e na grande decisão, Celsinho levantou a taça após derrotar João Pedro por 3 a 2.
            Na Série Prata, os botonistas se enfrentaram em um quadrangular e Rafael Mello ficou com o título, ao somar 07 pontos ganhos. O vice-campeão foi Zé Mario, com 04 pontos, seguido por Fabio Januário (3º colocado), com 03 pontos, mesma pontuação de Robson Mota, que terminou em 4º Lugar.

Celsinho - Campeão do Festival Ituano 2014
            Confira a Campanha do Campeão, que registrou 08 jogos; 06 vitórias; 02 empates; 00 derrotas; 38 gols marcados e 22 gols sofridos:
Primeira Fase:
CELSINHO 6 X 3 Tchaka
CELSINHO 4 X 1 Robson Mota
CELSINHO 4 X 1 Rafael Mello
CELSINHO 7 X 4 Valini
CELSINHO 3 X 3 Pietro Varoli
Quartas de Final:
CELSINHO 5 X 5 Sandro Pirikito
Semifinal:
CELSINHO 6 X 3 Rodrigo Simon
Final:
CELSINHO 3 X 2 João Pedro

João Pedro - Vice-campeão

Og Girão - 3º Colocado

Rodrigo Simon - 4º Colocado

Valini - 5º Colocado

Sandro Pirikito - 6º Colocado

Pietro Varoli - 7º Colocado

Tchaka - 8º Colocado

Rafael Mello - Campeão da Série Prata

Zé Mario - 2º Colocado da Série Prata

Fabio Januário - 3º Colocado da Série Prata

Robson Mota - 4 Colocado da Série Prata

                Com a conquista desse domingo, Celsinho escreveu seu nome na “galeria de campeões” do Festival Ituano, que registra os seguintes vencedores:
2006 – VALINI
2007 – VALINI
2008 – VALINI
2009 – VALINI
2010 – JOÃO PEDRO
2011 – MARCIO COSTA
2012 – Não houve
2013 – RAFAEL SANTOS
2014 - CELSINHO

O Bloco do “R” mais uma vez agradece a participação dos botonistas, principalmente dos atletas que vieram de outras cidades para abrilhantar o evento. Após o torneio, os atletas se reuniram para uma confraternização em uma churrascaria da cidade.


sábado, 6 de setembro de 2014

Festival Ituano de Futebol de Mesa é a atração de 7 de Setembro no Bloco do “R”

Premiação do Festival Ituano deste ano
Como já se tornou tradição na cidade de Itu, o feriado de 7 de Setembro, que neste ano cai em um domingo, será marcado no Bloco do “R” com a disputa do Festival Ituano de Futebol de Mesa. A competição reunirá 12 botonistas de várias partes do Estado de São Paulo. O evento, que neste ano completa sua 8ª edição, acontece desde 2006, sendo que apenas em 2012 não foi realizado.
            O regulamento do torneio também já foi definido. Na Primeira Fase, os botonistas serão divididos em dois grupos de seis cada. Após jogarem, somente dentro dos grupos, em turno único, acontece as definições do mata-mata, para saber quem fatura a Série Ouro. Já os dois últimos de cada chave, farão um quadrangular, também em turno único, que definirá o campeão da Série Prata.
Neste ano, a competição sentirá as ausências dos dois últimos campeões: Marcio Costa (2011) e Rafael Santos (2013). Em contrapartida, João Pedro (campeão em 2010) e Valini (vencedor em 2006/2007/2008/2009) são presenças confirmadas. Além de Valini, apenas Zé Mario, Rafael Mello e Sandro Pirikito disputaram todas as edições já realizadas.
            Outra tradição que será mantida no Festival Ituano é a premiação para todos os participantes. O campeonato terá início às 9h30 e, após o evento, os botonistas se reunirão para uma confraternização.

terça-feira, 2 de setembro de 2014

Futmesa: Vasco pronto para ganhar o Mundo

Igor, Bad, Rodolfo e Lages: o Vasco quer o Mundo!
A equipe de Futebol de Mesa do Vasco da Gama (RJ), já está na Europa, onde disputa no próximo dia 13, o principal título de sua história: o Mundial Interclubes. O jogo será contra o time húngaro Tizasvasvari SE. A partida será disputada em quatro rodadas, com quatro botonistas de cada lado (idêntico ao que ocorre no Campeonato Brasileiro por Equipes). A grande decisão acontece em Budapeste, na Hungria.
            Para chegar ao Mundial, o Vasco precisou vencer, em 2013, a Copa Sulamericana, quando duelou contra Palmeiras e Rosário da Argentina. Já o time da Hungria venceu a Champions League 12 Toques na Europa. A disputa conta ainda com o aval da Federação Internacional de Futebol de Mesa. O Clube de Regatas Vasco da Gama será representado no Mundial pelos botonistas Marcelo Lages, Igor Monteiro, Bad e Rodolfo.
            “Para todos da divisão de Futebol de Mesa, a disputa do Mundial Interclubes é a coroação de mais de uma década de dedicação ao esporte. A conquista desse Mundial é o topo, onde todos os clubes que disputam o nosso esporte ambicionam chegar. Para os clubes brasileiro, o caminho é uma pedreira, e por essa razão não podemos pensar em outro resultado que não seja a conquista. Estamos focados nessa partida contra o campeão europeu e pretendemos fazer dela o jogo mais importante da história do Futmesa cruzmaltino”, analisa Marcelo Lages.
            Segundo apurou o BLOG DO VALINI, o Mundial Interclubes de 2015 também já está confirmado e será novamente realizado na Hungria, em virtude da disputa da Copa do Mundo de Seleções. Porém, nos dois anos subsequentes (2016 e 2017), a competição virá para a América do Sul, sendo que o Brasil tem grandes chances de sediar a disputa em 2016. Além disso, a partir do próximo ano, além dos campeões continentais, o Mundial contará também com a presença do atual campeão Mundial.

Copa Sulamericana:
            Nos dias 11 e 12 de outubro, a cidade de Rosário, na Argentina, recebe mais uma edição da Copa Sulamericana de Futebol de Mesa. E a “Libertadores” dos botonistas vai ganhando, a cada ano que passa, mais importância. Para a edição de 2014, os brasileiros prometem invadir a Argentina. Na categoria Individual, além do atual campeão Alex Bahr (Corinthians), outros craques do Futmesa já confirmaram presença, como a dupla Quinho e Jefferson do Palmeiras, Thiago Penna e Marcelo Lages (Vasco), Marquinhos (Friburguense), além de Michilin (Palmeiras), Tadeu (Corinthians) e Igor Monteiro (Vasco), que também solicitaram vaga.
            Na disputa por Equipes, o atual bicampeão Vasco da Gama, assim como o campeão brasileiro Palmeiras, também marcaram presença.
            Vale destacar ainda que o Chile já é uma realidade no Futebol de Mesa 12 Toques e se prepara para marcar presença na edição de 2015, que será disputada em Curitiba/PR, sendo que, inclusive, já pleiteou sediar a competição no ano de 2016.

domingo, 31 de agosto de 2014

Corinthians elimina Círculo e Flamengo é o “Campeão do Interior”

Palmeiras levou a melhor sobre o Meninos
Tudo definido no Campeonato Paulista de Futebol de Mesa. Na rodada deste domingo (31), saiu o último semifinalista. O Corinthians foi até o Ibirapuera, segurou o empate que lhe era favorável e garantiu o passaporte para enfrentar o Palmeiras na próxima fase. No outro confronto, o Meninos, que perdeu para o time de Palestra Itália encara o Maria Zélia.
            O Flamengo de Americana também festeja o título simbólico de “Campeão do Interior”, ao vencer o Noroeste em Botucatu. Com isso, a equipe de Bauru, assim como o Clube do Botão foi rebaixada e irá jogar a Copa Estado de São Paulo em 2015.

Jogo alucinante:
            Círculo Militar e Corinthians fizeram uma partida eletrizante, que só foi decidida no último segundo da última rodada. Melhor para os visitantes, que fizeram valer a vantagem do empate e carimbaram a vaga na semifinal.
            Logo na primeira rodada, surpresa de ambos os lados. No Círculo, Perrotti na reserva e Albarello, destaque do time Aspirantes, saiu jogando. No Corinthians, Alex Bahr, também ficou como opção no banco. E a equipe do Ibirapuera largou na frente, vencendo por 08 a 04. Na rodada seguinte, o Corinthians devolveu o placar e repetiu a contagem na terceira rodada, levando a partida para o intervalo com uma vantagem de quatro pontos: 20 X 16.
            Após o intervalo, o Círculo Militar voltou com duas alterações: Pedreira no lugar de Arthurzinho e Perrotti no lugar de Albarello. As substituições deram resultado e o time da casa venceu por 08 a 04, provocando nova igualdade no placar.
            “Nervos a flor da pele” nas duas últimas rodadas. O Círculo precisando da vitória, tirou Farinha e colocou Duda, enquanto o Corinthians, sacou Valbono para a entrada de Alex Bahr e, ao final da penúltima rodada, empate em 06 a 06 e decisão da vaga na última rodada.
            No “tudo ou nada”, o time do Ibirapuera faz mais uma troca e coloca Espel no lugar de Pedreira. No time de Parque São Jorge, Valbono retorna na vaga de Alex Bahr. Os jogos e resultados da 6ª e última rodada foram os seguintes: Vinícius 3 X 4 Galdeano; Thiago 5 X 3 Justa; Victor Varoli 4 X 3 Barbosa; Duda 2 X 6 Tadeu; Espel 2 X 5 Valbono e Perrotti 5 X 4 Alessandro. Rodada empatada em 06 a 06 e fim de jogo, com o placar apontando Círculo Militar 30 X 30 Corinthians. Festa corintiana, mais uma vez, em pleno Ibirapuera.
            O Círculo Militar jogou com: Vinícius (06/06); Thiago (09/12); Victor Varoli (09/12); Farinha (02/08), depois Duda (02/04); Arturzinho (01/06), depois Pedreira (00/04) e Espel (00/02); Albarello (01/06), depois Perrotti (06/06).
            Já o Corinthians atuou com: Valbono (03/08), depois Alex Bahr (00/04); Tadeu (09/12); Barbosa (04/12); Justa (07/12); Galdeano (07/12) e Alessandro (06/12).

Observação: Na final do Campeonato Paulista de 2012, Círculo Militar e Corinthians decidiram o título no Ibirapuera e o “Timão” ficou com a taça ao empatar a finalíssima.

Palmeiras fecha fase com 100%
            No Palestra Itália, Palmeiras e Meninos se enfrentaram já classificados, apenas para definir quem ficaria com a melhor campanha da Primeira Fase. E o atual campeão levou a melhor. Com mais uma grande atuação, o time de Quinho, Jefferson, Diney e companhia, precisou de cinco rodadas para fechar o confronto e se manter como único invicto do Paulistão.
            A vantagem do Palmeiras foi conquistada logo nas três primeiras rodadas, em que o time se impôs nas mesas e fez um triplo 08 a 04, levando para o intervalo 12 pontos de diferença, com o placar mostrando 24 a 12 para a equipe de Palestra Itália.
            Na quarta rodada, o time do ABC até tentou esboçar uma reação, vencendo por 08 a 04, mas perdeu a quinta rodada pelo mesmo placar e nem mesmo a vitória por 07 a 05 na última rodada, impediu que o Palmeiras fechasse o jogo em 41 a 31.
            Lê, do Meninos, com 100% de aproveitamento, anotando 12 pontos em 12 possíveis, foi o grande destaque da partida.

Duelo no interior:
            Em Botucatu, o Noroeste recebeu o Flamengo para saber quem ficaria com o título simbólico de “Campeão do Interior” e quem seria rebaixado para a Copa Estado de 2015. E a equipe de Americana levou a melhor, saindo do confronto sem perder nenhuma rodada.
            O Flamengo abriu vantagem nas duas primeiras rodadas, com vitórias por 07 a 05 e 10 X 02. Nas três rodadas seguintes, empates em 06 a 06. Na última rodada, nova vitória do time de Americana, por 07 a 05 e jogo fechado em 42 a 30 para o time de Americana.
            No outro jogo da rodada, o Maria Zélia recebeu o Clube do Botão e garantiu o terceiro lugar da fase classificatória com uma vitória tranquila por 55 a 17.
            Com os resultados, a classificação final da Primeira Fase do Paulistão 2014 foi a seguinte:
1º PALMEIRAS: 21 pontos ganhos
2º MENINOS: 18 pontos
3º MARIA ZÉLIA: 13 pontos
4º CORINTHIANS: 11 pontos
5º Círculo Militar: 10 pts
6º Flamengo: 06 pts
7º Noroeste: 03 pts
8º Clube do Botão: 00 ponto.

Semifinais:
A fase semifinal acontece nos dias 19 de outubro e 09 de novembro. Os jogos serão: Palmeiras (1º colocado) contra o Corinthians (4º colocado) e Meninos (2º colocado) enfrentando o Maria Zélia (3º colocado), sendo que os times de melhor campanha terão a vantagem de decidir em casa. Os vencedores das semifinais decidem o título em jogo único marcado para o dia 30 de novembro.

COPA ESTADO:
Também neste domingo, teve início as semifinais da Copa Estado de São Paulo (divisão de acesso). Na Água Rasa, o Sete de Setembro recebeu o Clube 2004 de Santos e se deu muito bem. Comandados por Aldecoa e Rafa, o Sete anotou 30 a 20 e faz o jogo da volta, dia 19 de outubro, em Santos, podendo perder por até nove pontos pontos de diferença, que se garante na elite do Futmesa paulista de 2015, além de carimbar a vaga na grande final.
No outro confronto, o XV de Agosto, da aprazível Socorro, desceu a serra para enfrentar a Portuguesa Santista e voltou com uma grande vitória na bagagem, de 26 a 24. Agora, na partida de volta, que também será disputada dia 19 de outubro, a equipe de Socorro joga em casa, podendo perder por dois pontos de diferença para garantir o acesso e a vaga na finalíssima. 

sábado, 30 de agosto de 2014

Luto no Futebol de Mesa paulista

O Futebol de Mesa amanheceu mais triste neste sábado (30). Aos 66 anos, faleceu vítima de problemas renais e hepáticos, o ex-presidente da Federação Paulista, Antônio de Franco Neto.
            A história do “Professor” De Franco, como era conhecido nos meios botonísticos, se mistura entre três paixões: A esposa, a Caligrafia e o Futebol de Mesa. Em uma casa na Avenida Eusébio Matoso, no bairro de Pinheiros, em São Paulo, cuidava dos negócios da família, administrando a quase centenária “Escola de Caligrafia De Franco”. No local, é possível encontrar diplomas e quadros que mostram letras cuidadosamente desenhadas. De Franco dedicou sua vida ao aperfeiçoamento da escrita.
            Com cerca de mil alunos por ano, o “Professor” se dedicava a dois tipos de público. Aqueles que precisam melhorar a letra para trabalhar/estudar e aqueles que, já tendo uma escrita bonita, se interessam em seguir a carreira de calígrafo.
            Em dezembro do ano passado, durante uma entrevista para a Revista Babel, De Franco se referiu a esposa, Lorenzini Ramondetti, que havia falecida no início de 2013, como a paixão de toda a vida. “A ausência é uma coisa muito dolorida”, disse na época, acrescentando que tinham se conhecido no colégio, quando tinha 16 anos.
            Mas foi no Futebol de Mesa que De Franco deixou seu nome na história. Federado há mais de 50 anos, foi presidente da Federação Paulista entre os anos de 1992 e 1993. Era o técnico da Seleção Brasileira na modalidade 12 Toques, conquistando o bicampeonato Mundial (em 2009 e 2012), e ainda o Sulamericano de 2013. Além disso, teve uma passagem vencedora pelo Palmeiras (seu time do coração), comandando o alviverde no tricampeonato Brasileiro (2007/2008/2009) e mais recentemente pelo Cisplatina. Ao longo dos anos dedicados ao Futmesa, De Franco chegou, inclusive, a abrir as portas de sua casa para receber botonistas de diversas partes do planeta, como Romênia, Hungria e Japão.
            Diante do falecimento desse ícone do Futmesa nacional, a Federação Paulista de Futebol de Mesa (FPFM) decretou luto oficial e na rodada deste final de semana, em todos os jogos, será respeitado um minuto de silêncio pela memória do “Professor” De Franco. Já o jogo pela categoria Master, entre Cisplatina e Maria Zélia foi cancelado e será remarcado pela FPFM.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Paulistão de Futmesa terá “jogo da morte” no Ibirapuera e decisão no interior

Será disputada neste domingo (31), a última rodada da Primeira Fase do Campeonato Paulista de Futebol de Mesa. E emoção é o que não vai faltar. Todos os quatro jogos terão algo em disputa, mas dois deles, em especial, prometem ser eletrizantes.
            Em São Paulo, no Belenzinho, o Maria Zélia recebe o já rebaixado Clube do Botão. Se para o time de Campinas, a partida será apenas para cumprir tabela, para os donos da casa, o jogo representa muito. Caso vença o confronto, o Maria Zélia carimba sua classificação para as semifinais, e mais, com a 3ª melhor campanha no geral. O jogo está marcado para às 10h.
            Também na capital paulista, uma hora mais cedo, às 9h, Palmeiras e Meninos se enfrentam num repeteco da final do ano passado. Embora as duas equipes já estejam classificadas para as semifinais, quem vencer o confronto direto, fecha a fase classificatória em 1º lugar, o que significa ter vantagens tanto nas semifinais, como na decisão (caso venha a avançar). Para esse confronto, o time do ABC terá uma baixa: Edu Santos, que nesta semana se tornou papai, ganhou folga para curtir a chegada da herdeira ao lado da família.

Vai sobrar um!
            Sem dúvida alguma os holofotes da rodada estarão voltados para o Ibirapuera. Na sala “José Policano”, às 9h, Círculo Militar e Corinthians se enfrentam para saber quem seguirá na competição e quem, precocemente, antecipará as férias. Como curiosidade, nunca é demais lembrar que há dois anos, as mesmas equipes decidiam o Paulistão de Futmesa, em um jogo épico, que terminou empatado e acabou dando o título ao time de Parque São Jorge.
            Assim como na decisão de 2012, o Corinthians chega para o confronto com a vantagem do empate. O time vai para a partida com força máxima e apostando na concentração para sair do confronto classificado. “Vamos ter que jogar tudo o que não jogamos ainda nesse campeonato. O foco é vencer ou vencer. Todos sabem da responsabilidade”, avalia o campeão Sulamericano, Alex Bahr.
            Do outro lado, a partida vem sendo tratada como uma “final”. “Nossos jogadores estão motivados e treinando para fazer um grande jogo. O fato de jogar em casa é uma baita vantagem, desde que estejamos afiados em nossas mesas e jogando com tranquilidade. Assim como todos os jogos que fizemos, será equilibrado e, provavelmente, decidido na última rodada”, destaca Bruno Varoli.

Campeão do Interior:
            No interior o clima também é de decisão. Noroeste e Flamengo se enfrentam para saber quem ficará com o título simbólico de “Campeão do Interior”. Ao derrotado, restará o gosto amargo do rebaixamento. Nesta quarta-feira (27), o time de Bauru informou que a partida será disputada em Botucatu (campo neutro), com início previsto para às 10h. O comandante do Noroeste, Ton Armani, explicou o motivo da alteração do local do confronto. “Vendi algumas mesas e as novas, que compramos lá em Petrópolis, ainda não chegaram. Como as mesas de Botucatu são muito boas, achamos por bem jogar lá. Pois não adianta jogar em casa e prejudicar o espetáculo”.
            Ton ressalta ainda que os botonistas do Noroeste já estão acostumados com o novo local. “Os últimos torneios jogamos lá e estamos acostumados com o local”, conta. O botonista de Bauru prometeu empenho pela vitória, mas deixou uma incógnita sobre o futuro do clube. “Vamos para cima deles com tudo e ainda teremos a volta do Sérgio Filho para esse jogo. Mas 2015, ainda é uma incógnita para nós. Enquanto a Federação Paulista só pensar nos clubes de São Paulo, a primeira divisão vai ser assim, sem motivação de jogar”, acrescentou.
            Podendo até mesmo empatar para se garantir como o melhor time do Interior no Paulistão, o Flamengo esbanja confiança para o duelo deste domingo. “Chegamos super focados e treinados, só que o jogo é jogado e não falado. Respeitamos muito o Noroeste, mas não vejo vantagem para nenhum lado. Ambos os times vão ter que jogar no limite, pois a partida será decidida nos detalhes. Eu, particularmente, adoro jogar assim e espero que o Flamengo saia vencedor”, pondera Ismael Filho.

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Dentinho confirma que será candidato a presidente da Federação Paulista de Futebol de Mesa

Agora é oficial. Saiu o nome do primeiro candidato a presidente da Federação Paulista de Futebol de Mesa. Trata-se de Ernandes Roberto Felício Junior, mais conhecido como Dentinho, botonista da Sociedade Esportiva Palmeiras. A chapa reúne grandes nomes do esporte no Estado e conta com o apoio irrestrito do atual presidente Jorge Farah. Ao BLOG DO VALINI, Dentinho falou sobre sua candidatura e destacou como suas principais bandeiras um grande projeto esportivo, além de enfatizar o plano de gestão.

BLOG: Por que resolveu se candidatar a presidência da FPFM?
Dentinho: Porque acredito que é possível elevar o esporte. Existem muitas a serem feitas e me considero preparado para organizar esse projeto.

BLOG: Foi o atual presidente Farah que pediu sua candidatura?
Dentinho: Me reúno com o Farah sempre, pois somos amigos. Minha candidatura é um projeto desde quando comecei o MBA em Gestão do Esporte. Quando surgiu o assunto, o Farah apoiou imediatamente.

BLOG: Pretende dar continuidade a forma como o Farah administra a Federação Paulista? O atual presidente terá participação em sua gestão?
Dentinho: Com relação a forma de administrar, teremos um projeto esportivo e dentro desse projeto, cada diretor e seus colaboradores precisam e terão autonomia para desenvolver seu trabalho. Em relação ao Farah, não só ele, mas todo o qualquer botonista que assim desejar poderá participar. Inclusive temos um projeto para estimular isso.

BLOG: Por que a escolha do Tadeu (atleta do Corinthians) para o cargo de vice-presidente?
Dentinho: A escolha do Tadeu é muito simples. Ele ama o esporte, conhece muito das questões do esporte, é meu amigo e de uma inteligência ímpar. Então, foi fácil.

BLOG: Quais são seus planos para a FPFM?
Dentinho: Temos muito trabalho a fazer. Quando eu falo em projeto esportivo, me refiro a todo esporte. Projetar desde a formação de novos botonistas, as estruturas de competições, os locais, nossos materiais, o Futmesa como marca. Enfim, já temos um plano de gestão.

BLOG: Qual a importância que os clubes e os botonistas do interior terão em sua administração?
Dentinho: Toda! Hoje tenho um conceito bem claro: só o próprio botonista pode alavancar o esporte. Nós gestores podemos indicar um caminho, se o botonista nos acompanhar e se dedicar, teremos resultados. Como disse anteriormente, temos um projeto que envolvi o botonista no processo de desenvolvimento.

BLOG: Pretende manter as fórmulas de disputa dos campeonatos por Equipes?
Dentinho: Se for eleitor, teremos a oportunidade de discutir a fórmula dos campeonatos, não apenas o Equipes, mas o Individual também. Temos muitas ideias, algumas integram sim o projeto esportivo.

BLOG: Acha justo uma mesma modalidade, de uma mesma Federação (como é o caso da Paulista), ter campeonatos diferentes, com seis, cinco e quatro botonistas, dependendo da série?
Dentinho: Essa questão de número de atletas diferentes, deve ser tratada com atenção. No projeto esportivo, deve existir uma linha de evolução para que se estimule a competição. É necessário que a estrutura funcione. A princípio posso dizer que temos alguns ajustes a fazer sim.

BLOG: Com relação aos Opens, pretende manter as séries por divisões (primeira, segunda, terceira, etc...) ou voltar ao que era antigamente (ouro, prata, bronze, etc...)?
Dentinho: A denominação das sérias é o menos importante hoje. Enquanto não tivermos uma estrutura de competição, muito bem definida, o nome não terá importância. Depois sim, bem estruturadas, o nome pode representar o ponto de vista de marketing, um questão relevante. Temos muito trabalhos nessa questão e posso garantir que vamos elevar o nível.

BLOG: O que precisa ser mudado no Futmesa paulista?
Dentinho: Olha, vejo que muitas coisas boas e importante foram feitas nos últimos anos. Evidente que precisamos mudar algumas e, principalmente, aperfeiçoar as boas que existem. A continuidade de bons projetos é determinante na conclusão de projetos, a grande parte das medidas necessárias tem um ciclo a longo prazo. Vejo um grande trabalho pela frente, visualizo um universo de possibilidades. Nosso esporte merece mais e mais todos os dias, é por ele que darei minha vida e meu suor.

BLOG: Você fala muito em projeto esportivo. O que pode detalhar sobre isso?
Dentinho: É porque realmente estamos pensando muito nisso. O projeto esportivo representa o todo. O projeto de formação deve estar atrelado a estrutura de competição, a de competição ao plano de marketing, o de marketing ao plano de expansão, o de expansão ao planejamento financeiro. O projeto esportivo é o todo, de uma maneira que exista uma sequência natural na gestão. O projeto é grande demais. Já levei dias para redigir e tenho mais quatro pessoas dissertando sobre outros temas. Quando finalizado, os representantes de clubes serão convidados para a apresentação. Isso deve acontecer na última semana de setembro, véspera da eleição.