sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Com chapa única, Dentinho é o novo presidente da Federação Paulista


Está marcada para a manhã deste sábado (25), a eleição para a escolha do novo presidente da Federação Paulista de Futebol de Mesa (FPFM), para o quadriênio 2015/2018. A primeira chamada está prevista para ocorrer às 9h15. O pleito será realizado na sede da FPFM (Rua Brigadeiro Jordão, 297, bairro do Ipiranga). 
            O BLOG DO VALINI apurou que a eleição terá apenas uma chapa concorrendo. Trata-se da Chapa “Colaboração”, que é formada por: Presidente – Ernandes Roberto Felicio Junior (Dentinho), Vice-Presidente – Tadeu Rodrigo Sanchis, Conselho Fiscal – (Titulares) Renan Mello, Julio Simi Neto e Cleo Domingos Prado Junior (Suplentes) Giorgio Speltri, Edson Celandroni e Wagner Luiz. 
            O novo presidente já anunciou a primeira novidade para o próximo ano. “Em novembro teremos a reunião geral da equipe Executiva, aí vamos definir tudo. O que posso adiantar é que 2015 já teremos algumas mudanças e teremos mais datas de competição”. 
            Dentinho disse também que irá trabalhar a volta de botonistas importantes para o esporte. “O João Luiz Gil (Gil ex-Palmeiras) é meu conselheiro particular e deve voltar a participar aos poucos em 2015”. 
            Por fim, aproveitou para deixar um recado aos botonistas do Estado de São Paulo. “Os botonistas terão que se sacrificar se quiserem que o esporte cresça e se desenvolva em todos os sentidos!”.

Craque do Paulistão analisa derrota no Belenzinho e admite: “Entramos errados, sem treino, sem foco e sem concentração”


Fechando o balanço dos jogos de ida da fase semifinal do Paulistão de Futmesa, o BLOG DO VALINI destaca hoje, a derrota sofrida pelo Meninos, no último domingo, para o Maria Zélia. O “Jogo Rápido” falou com o craque do campeonato, Lê, que analisou a derrota, cobrou mais empenho do time e ainda acredita que a equipe pode chegar a sua segunda final consecutiva do Paulista. 

BLOG: O que deu errado pra equipe na derrota para o Maria Zélia? 
: Entramos errados, sem treino, sem foco e sem concentração. Isso não pode acontecer um uma semifinal 

BLOG: O placar final, com 10 pontos a favor do adversário, refletiu o que foi o jogo? 
: Refletiu sim! 10 pontos foi merecido, um placar normal para quem joga em casa. Mas eles foram muito superiores, acredito que o placar foi justo, pois jogaram muito concentrados e todos tem um ótimo potencial no Maria Zélia. 

BLOG: É possível reverter essa vantagem do Maria Zélia no jogo de volta? 
: Sim. Temos agora o fator casa que influência bastante. Assim como estranhamos as mesas deles, eles também vão estranhar as nossas. Já conseguimos ganhar deles com uma boa diferença na primeira fase, jogando no Meninos. Acredito que dá para reverter sim esses 10 pontos, fazendo uma atuação parecida com aquela. 

BLOG: Como trabalhar o grupo nesses dias que vão anteceder o segundo jogo? 
: Temos q treinar e focar. O grupo está meio disperso do Futebol de Mesa, eles estão mais ligados na NFL (risos). Precisamos nos juntar e treinar. 

BLOG: Você se decepcionou com sua atuação? O fato de jogar em casa, ajuda o seu Futmesa? 
: Eu achei minha atuação boa, não me decepcionei. Oito pontos levam qualquer time a vitória, se todo o grupo também fizer oito pontos, o placar era elástico. Acredito que senti dificuldades nas mesas, logo na primeira partida, o time prendia muito e achei que não ia conseguir fazer nem seis pontos, mas me adaptei e consegui bons resultados. Já o fator casa, não me ajuda muito, quase não sinto diferença, pois é difícil eu ir treinar no Meninos, por ser longe de casa. Hoje as mesas nos clubes são muito semelhantes, tirando as do Maria Zélia que prendem um pouco, as demais andam todas por iguais em todos os clubes.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Com vantagem na semifinal, Maria Zélia prega cautela: “Ainda não podemos pensar no título”, diz Garcia


O “Jogo Rápido” desta quinta-feira (23), destaca a grande vitória do Maria Zélia sobre o Meninos, na partida de ida da semifinal do Campeonato Paulista de Futebol de Mesa. O BLOG DO VALINI conversou com Garcia, botonista do clube do Belenzinho, que destacou a vontade do grupo, falou sobre o “fator Belini”, disse que o time vive um novo momento e que ainda não pensa no título.

BLOG: O que foi fundamental para a vitória do Maria Zélia sobre o Meninos?
Garcia: Nossa vontade de vencer e de mostrarmos que o Maria Zélia ainda dá trabalho. Cada um de nós acreditou na vitória e ela aconteceu. Continuaremos acreditando!

BLOG: Quando vocês decidiram que o Belini sairia jogando? De quem foi essa aposta? Ele foi mesmo o diferencial neste jogo?
Garcia: Quando o Muratore e o Cabeção (Rodrigo Ribeiro) me disseram que não poderiam jogar, pois ambos tinham compromissos inadiáveis. Não considero que ele (Belini) tenha sido uma "aposta", ele era apenas necessário. Com as ausências que tivemos, pensei que seria necessário chamar alguém experiente. Pedi uma força para o Belini e ele não hesitou em nos ajudar. Treinamos na noite anterior ao jogo e eu senti que ele já estava preparado. Com certeza ele nos ajudou muito nesse primeiro jogo.

BLOG: Quanto representa em porcentagem (de 0 a 100), essa vantagem de 10 pontos conquistada no jogo de ida?
Garcia: Diria 0%. Não podemos pensar nisso. Entrar com esse pensamento nos tiraria o foco. O objetivo é vencer a segunda partida.

BLOG: No jogo da Primeira Fase, em São Bernardo, vocês perderam por uma diferença de 24 pontos (48 a 24). O que precisará ser feito de diferente no jogo da volta?
Garcia: Confiança, concentração e o objetivo de avançarmos à final. Na Primeira Fase, nossa realidade era de que nossos jogos principais eram contra o Corinthians e o Círculo Militar. Naquele momento, todas as nossas forças foram direcionadas para esses jogos. O importante era a classificação e não tínhamos nenhuma pretensão contra o Meninos. Entramos pra jogar numa boa, sem responsabilidade, sem objetivo, e deu no que deu. Agora é diferente, estamos em um outro momento do campeonato. Temos o nosso objetivo muito claro e vamos direcionar todas as nossas forças para conquistá-lo.

BLOG: No começo do ano, dentro do próprio Maria Zélia, a conversa era que esse time seria formado esse ano para colher frutos no futuro. Chega a ser surpreendente esta campanha? O time está preparado para ser campeão?
Garcia: Sim, é surpreendente. Mesmo estando numa semifinal, continuamos sendo um time em formação. Mais da metade do nosso time não jogava no A do Maria Zélia, e no ano que vem, teremos ainda mais caras novas. Em nenhum jogo entramos com os mesmos jogadores. E é isso que nos dá ânimo, pois nosso começo já está sendo excelente. Todo mundo ali tem sua parcela de contribuição e está feliz com o momento. Porém, mesmo sendo um time em formação, todos nós queremos avançar o máximo possível. Ainda não podemos pensar no título, vamos pensar apenas no nosso objetivo, que é vencer a equipe do Meninos.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Mesmo com vitória no clássico, Tadeu destaca: “Ainda podemos evoluir”


O BLOG DO VALINI continua repercutindo a eletrizante rodada do último final de semana do Campeonato Paulista de Futebol de Mesa. O “Jogo Rápido” de hoje é com Tadeu, botonista do Corinthians, grande vencedor do clássico do último domingo contra o Palmeiras. Para o atleta, a equipe ainda pode crescer nesta reta final. Tadeu destaca a vitória sobre o rival como um divisor de águas, mas diz que a vantagem para o jogo de volta é pequena.

BLOG: O placar final, de 16 pontos de diferença a favor do Corinthians, chegou a surpreender vocês?
Tadeu: Com certeza. Apenas a vitória surpreende a todos, pois o Palmeiras é o melhor time Paulista.

BLOG: Foi um jogo que deu tudo certo para o Corinthians? Ou tudo errado para o Palmeiras?
Tadeu: Prefiro acreditar no mérito de quem vence e, assim, acabou dando tudo certo.

BLOG: O Futmesa apresentado pelo Corinthians no último domingo é de time campeão? Ou essa equipe ainda pode evoluir?
Tadeu: Não, ainda acho que podemos evoluir, e muito. Tivemos uma média boa de pontos dos atletas, mas se você observar o Justa não pontuou que é o nosso melhor jogador.

BLOG: O time vinha oscilando muito neste Paulistão. O jogo com o Círculo Militar foi um divisor de águas para vocês?
Tadeu: Não acho que foi o divisor de águas porque a pontuação é somada em todas as partidas durante a primeira fase, onde não fomos bem. A ocasião do empate nos dava a classificação e foi o que ocorreu, mas isso não mudou nada no clube. Creio que o divisor de águas foi esse jogo contra o Palmeiras onde demonstramos para nós mesmos a nossa capacidade e nos dá mais confiança.

BLOG: Qual é o tamanho dessa vantagem que vocês adquiriram para o jogo da volta?
Tadeu: Eu diria pequena para enfrentar uma equipe como o Palmeiras.

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Após revés, Quinho diz: “Não precisamos provar nada pra ninguém”


Começaram no último domingo (19), as semifinais do Campeonato Paulista de Futebol de Mesa. Duas grandes partidas, com placares dilatados, marcaram os chamados “jogos de ida”. No tradicional “clássico paulista”, disputado no Parque São Jorge, o Corinthians superou o Palmeiras, cravando uma vantagem de 16 pontos para a partida de volta, prevista para acontecer dia 9 de novembro.
            Visando detalhar os confrontos e colocar o amante do Futmesa por dentro de tudo o que rolou nas mesas paulistas, o BLOG DO VALINI apresenta o “Jogo Rápido”, um bate-bola curto e objetivo com detalhes do que aconteceu antes, durante e depois da partida.
            Nesta terça-feira (21), o BLOG DO VALINI conversou com Quinho, um dos principais jogadores do Palmeiras, que analisou o resultado e mostrou confiança no grupo para reverter o placar.
 
BLOG: A diferença de 16 pontos, que foi o placar final, refletiu o que foi o jogo?
Quinho: Na minha opinião foi sim, pois nossa equipe não estava jogando bem e o Corinthians jogou muito.

BLOG: Foi um jogo que deu tudo certo para o Corinthians? Ou tudo errado para o Palmeiras?
Quinho: Não acredito que tenha dado tudo errado pra gente porque, como os botonistas do Corinthians me disseram, foi o primeiro jogo de equipes no ano em que eles acertaram o jogo.

BLOG: O time ostentava uma longa invencibilidade na competição. Como a equipe também vinha de um título Sulamericano, pode-se dizer que o Palmeiras entrou de "salto alto" neste jogo?
Quinho: Isso nunca aconteceu. Sabíamos que o jogo era difícil e muitas partidas foram decididas no detalhe e na campainha.

BLOG: É possível reverter esse placar no segundo jogo? O que terá que ser feito de diferente no jogo de volta?
Quinho: Com certeza podemos reverter. Ganhamos do Corinthians, em casa, de 18 pontos de diferença (na primeira fase) e vamos tentar fazer isso novamente. Não precisamos provar nada pra ninguém.

BLOG: O Palmeiras é marcado por ser um time de craques, mas que não treina. Isso deve ser revisto nessas semanas que vão anteceder esse confronto decisivo? 
Quinho: Eu treino pelo menos um dia por semana aqui em Socorro e acredito que todos no Palmeiras vão treinar muito pro jogo de volta, pois só assim poderemos chegar à final.

domingo, 19 de outubro de 2014

Maria Zélia e Corinthians revertem vantagem nas semifinais do Paulistão

Equipe do Maria Zélia que venceu o Meninos
A equipe do Maria Zélia deu um importante passo para chegar a final do Campeonato Paulista de Futebol de Mesa. Na manhã deste domingo (19), jogando em seus domínios, a equipe do Belenzinho recebeu e venceu o Meninos por 41 a 31. Com o resultado, o time da Capital vai para São Bernardo do Campo, no próximo mês de novembro, podendo perder por até 09 pontos de diferença, que ficará com a vaga na finalíssima. Marcio Lima (Maria Zélia) e Faccio (Meninos) foram os destaques do jogo, anotando 10 pontos cada em 12 disputados. O craque do campeonato Lê (Meninos), não brilhou como nos outros jogos, mas somou importantes 08 pontos. Porém, a surpresa acabou sendo Belini (Maria Zélia), que não vinha atuando com frequência, apareceu como elemento surpresa nesta semifinal e também fez 08 pontos.
            O jogo começou com o time da casa anotando 07 a 05 na primeira rodada. O Meninos reagiu na rodada seguinte e devolveu o placar. Na 3ª rodada, o Maria Zélia voltou a vencer, desta vez por 08 a 04, e seguiu para o intervalo com quatro pontos de vantagem. Na rodada seguinte, empate em 06 a 06 e na penúltima rodada, o time do Belenzinho aplicou 09 a 03, aumentando a vantagem para 10 pontos. Na sexta e última rodada, novo empate em 06 e 06 e vitória do Maria Zélia por 41 a 31.
O Maria Zélia atuou e venceu com: Marcio Lima (10/12), Garcia (05/12), João Pedro (06/12), Belini (08/12), Sérgio Nenê (08/12) e Bruno Blois (04/12).
O Meninos foi derrotado jogando com: Vinícius Ramalho (00/06), depois Edu Santos (00/06), Cássio (07/12), Giorgio (04/12), Vanno (02/12), Faccio (10/12) e Lê (08/12).

Corinthians avassalador:
            Na outra semifinal, o Corinthians recebeu o Palmeiras e abriu vantagem de 16 pontos para o jogo da volta, com um vitória elástica por 44 a 28. O jogo foi disputado no Parque São Jorge e, apesar do placar, decidido nas rodadas finais. Até a quarta rodada, o Corinthians vencia o confronto por apenas dois pontos de diferença, quando o time de Parque São Jorge abriu um 10 a 02 e encaminhou a grande vitória.
            Os jogos de volta acontecem no dia 09 de novembro.   

Sete de Setembro e Portuguesa Santista fazem a festa na Copa Estado
             A Copa Estado de São Paulo conheceu neste final de semana as duas equipes que farão parte da elite do Futmesa paulista em 2015. No litoral paulista, o Clube 2004 recebeu o Sete de Setembro precisando reverter uma vantagem de 10 pontos. Porém, o time da Água Rasa foi letal, não deu chances para o adversário e, mesmo fora de casa, mostrou sua força anotando 32 a 18 e se garantindo na final da competição. TC (Sete de Setembro) foi o principal nome da partida, com 09 pontos ganhos em 10 disputados.
Em Socorro, a Portuguesa Santista reuniu forças de onde não tinha e voltou com a classificação para a elite do Futmesa paulista com uma vitória espetacular por 35 a 15. Vale destacar que o XV de Agosto estava invicto no campeonato e podia perder por dois pontos de diferença.
Com isso, Sete de Setembro e Portuguesa Santista, coincidentemente as duas equipes que ficaram em 2º dentro de seus grupos na Primeira Fase, decidem o título da Copa Estado de São Paulo, em dois jogos, sendo o de ida, dia 09 de novembro em Santos e a volta dia 30 de novembro, na Água Rasa.

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Fase semifinal do Paulistão de Futmesa começa neste domingo


O Campeonato Paulista de Futebol de Mesa inicia neste final de semana a fase semifinal. E o BLOG DO VALINI ganhou um reforço de peso nesta reta final. Trata-se de Duda D’Paiva. Com 21 anos de rodagem no esporte, o sempre correto, objetivo e polêmico botonista analisa os times e os jogadores que vão em busca do tão sonhado título de campeão. Confira a resenha:

APONTAMENTOS DO ALAGOAS: 
Na manhã desse domingo(19), o Campeonato Paulista começa sua fase decisiva. Teremos as semifinais da categoria principal e não deverá faltar emoção pelos lados da Zona Leste paulistana. 

CORINTHIANS X PALMEIRAS

Análise: Com uma campanha impecável, sem pontos perdidos, o favorito Palmeiras visita seu adversário e arquirrival dos gramados na sede do clube alvinegro. O Corinthians que teve campanha irregular na primeira fase, mas conquistou na raça a última vaga para as semifinais, chega cheio de motivação para essa partida. Se quiser aprontar alguma surpresa e manter suas as pretensões de ir às finais, precisa fazer valer o “fator casa” e vencer essa primeira partida.
    São duas equipes muito experientes e com grandes jogadores, então tudo pode acontecer. Mas apesar da boa fase de alguns corinthianos, o time do Palmeiras está em uma fase incrível. Dos 10 maiores pontuadores do campeonato, 3 são do alviverde – Diney, Jefferson e Quinho – e Buiu e Galdeano no Corinthians.
Palpite: Vitória apertada do Palmeiras. (chutão mesmo: 34 x 38).

MARIA ZÉLIA X MENINOS 

Análise: O Meninos tem a segunda melhor campanha do turno, e vem com muita força para cima do Maria Zélia. Em compensação, o time do Belenzinho vem motivado e é sempre muito difícil de ser batido em suas dependências. Com um elenco renovado este ano, o Maria Zélia teve uma boa temporada e chega à semi sem tanta experiência quanto em outros anos, mas com potencial para surpreender o atual vice-campeão. O técnico/jogador Garcia é um dos destaques do campeonato e, com certeza, irá tirar o máximo do time.
    Já o Meninos F.C. vem em grande fase e com excelente campanha, e igual ao Palmeiras, com 3 jogadores entre os 10 melhores. Destaque para Lê, o melhor jogador do campeonato até o momento, com apenas uma derrota em 36 partidas. É o favorito para passar no confronto, mas deve encontrar dificuldades nessa partida fora de casa.
Palpite: Vitória apertada do Meninos. (chutão mesmo: 33 x 39)